Clínica Dr. Paulo Egydio

Doença de Peyronie - A anestesia para a cirurgia

A anestesia começa com o preparo pré-anestésico, conhecendo o estado de saúde do paciente:

- doenças pré-existentes,

- histórico de saúde pregressa

- realização de exames complementares

- consultas com outros especialistas, como o cardiologista, quando necessário

É possível minimizar o risco de complicações controlando as doenças pré-existentes.

No dia da cirurgia, após a avaliação pré anestésica, alguns minutos após a administração da medicação pré-anestésica, o paciente é encaminhado ao centro cirúrgico, e pelo efeito dos medicamentos, normalmente não se lembrará dos preparativos que precederam o início da cirurgia.

Na maioria das vezes, as cirurgias penianas podem ser realizadas com sedação e anestesia local. Após o paciente estar sedado e dormindo, aplica-se o anestésico no local em que a cirurgia será realizada. 

Eventualmente, em casos isolados, a anestesia raqui ou geral também pode ser empregada.

Independente da técnica anestésica, no final da cirurgia, o paciente desperta e é encaminhado à sala de recuperação pós-anestésica, onde fica monitorizado por mais um período, até estar bem acordado, quando então, é encaminhado ao seu leito.

Com o uso de analgésicos comuns, é possível o controle da dor, lembrando sempre que se outros analgésicos mais potentes forem necessários poderão ser empregados.

Chegando ao leito, o paciente poderá se alimentar e ingerir líquidos de acordo com a sua vontade, assim como sentar na cama, ler ou assistir televisão.

Diagnósticos e Tratamentos| Doença de Peyronie

O que é a Doença de Peyronie?

A doença de Peyronie costuma se manifestar por meio de fibroses no pênis que podem provocar deformidades, como curvatura, afinamento, redução do tamanho, acinturamento do pênis.

O que é a Doença de Peyronie?

Evolução da Doença de Peyronie

As queixas de pacientes quanto à doença de Peyronie podem ser agrupadas em duas fases: inflamatória e de fibrose - cicatrização.

Evolução da Doença de Peyronie

Doença de Peyronie causa impotência - disfunção erétil?

Alguns homens com doença de Peyronie, cerca de 20%, perdem a capacidade de manter o sangue no pênis por disfunção venoclusiva ou "escape venoso", o que os impede de manter uma ereção por tempo suficiente para a satisfação sexual do casal, ou conforme o grau da curvatura peniana, impossibilita a penetração.

Doença de Peyronie causa impotência - disfunção erétil?

Penis torto? Veja qual o seu caso - Doença de Peyronie

Nesta página você poderá vizualizar desenhos esquemáticos de vários tipos de curvaturas penianas, o que facilitará a sua comunicação escrita e o entendimento na troca de informações.

Penis torto? Veja qual o seu caso - Doença de Peyronie

Dr. Paulo Egydio - Médico urologista especialista no tratamento da Doença de Peyronie, Pênis torto, Pênis Curvo

O Dr. Paulo Egydio é urologista e andrologista, reconhecido internacionalmente como um dos maiores especialistas da atualidade em curvatura peniana - doença de Peyronie (curvatura peniana adquirida) e Pênis Curvo Congênito (curvatura peniana do jovem), e também disfunção erétil - impotência sexual.

Dr. Paulo Egydio - Médico urologista especialista no tratamento da Doença de Peyronie, Pênis torto, Pênis Curvo

Aspectos Psicológicos da doença de Peyronie

Ao longo da história, o pênis vem representando não só o órgão sexual masculino, mas também um símbolo de poder, virilidade e prazer. Em muitas culturas, como na Grécia antiga por exemplo, ele era venerado, desempenhando um papel central nas cerimônias de iniciação para a vida adulta ou para uma nova vida.

Aspectos Psicológicos da doença de Peyronie

Sigilo no atendimento e tratamento

O Dr. Paulo Egydio tem um cuidado especial com o sigilo, razão pela qual, faz questão de consultar, operar e acompanhar o pós-operatório de todos os pacientes.

Sigilo no atendimento e tratamento

Como o pênis é formado e como ocorre a ereção

O pênis é formado por três cavidades cilíndricas. As duas superiores são chamadas de corpos cavernosos e a inferior, de corpo esponjoso, o qual contém a uretra, canal por onde passa a urina e o esperma.

Como o pênis é formado e como ocorre a ereção

Peyronie Tratamento - medicamento Xiaflex®

Seguem observações iniciais, de um estudo em curso, fase 3 com colagenase clostridium histolyticum -  Xiaflex® em pacientes com doença de Peyronie.

Peyronie Tratamento - medicamento Xiaflex®

Doença de Peyronie - Ultrassom

Os exames complementares de imagens, são utilizados para comprovações e complementações dos diagnósticos, e para a definição do tratamento individualizado da doença de Peyronie.

Doença de Peyronie - Ultrassom
Rua Joaquim Floriano, 533 - cj. 902 CEP 04534-011 - Bairro Itaim Bibi - São Paulo, SP - Brasil - CRM 67482 SP